Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
04/09/2019 | 00:37 - Amazonas / Turismo

Manaus é destaque principal da revista da American Airlines

Alex Pazuello - Semcom

Para o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a reportagem é um reconhecimento à vocação turística da cidade. “Manaus é uma cidade que desperta o interesse de todo mundo, por estar dentro da maior floresta tropical do planeta. E a prefeitura tem ajudado a preparar cada vez mais a cidade para o turismo, o que ajuda na economia e no desenvolvimento da cidade”, avalia.

 

Manaus é destaque na capa de setembro da revista “American Way”, da companhia aérea norte-americana American Airlines. Com reportagem de 13 páginas, a revista distribuída aos passageiros de uma das maiores companhias aéreas do mundo, apresenta as belezas e os encantos da principal cidade da Amazônia.

 

Para o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, a reportagem é um reconhecimento à vocação turística da cidade. “Manaus é uma cidade que desperta o interesse de todo mundo, por estar dentro da maior floresta tropical do planeta. E a prefeitura tem ajudado a preparar cada vez mais a cidade para o turismo, o que ajuda na economia e no desenvolvimento da cidade”, avalia.

 

A reportagem começa explicando que a cidade não é apenas a porta de entrada da maior floresta tropical do mundo e afirma que “com dois milhões de pessoas e um rico caldeirão de culturas, incluindo imigrantes europeus atraídos pelo boom da borracha no século 19 e dezenas de etnias indígenas, há muito o que explorar nessa paisagem urbana incomparável”, traz um trecho da publicação.

 

Com depoimentos de moradores da cidade, a reportagem apresenta ao leitor os principais pontos turísticos do Centro Histórico de Manaus, como o mercado Adolpho Lisboa, Museu da Cidade de Manaus, o Teatro Amazonas e a igreja de São Sebastião. “Você tem que vir! Esse museu mostra nossas tradições e é totalmente gratuito!”, afirma à reportagem a influenciadora de mídia digital Carol Heinrichs, 35, referindo-se ao Museu da Cidade de Manaus.

 

Administrado pela Prefeitura de Manaus, o Museu da Cidade de Manaus funciona no Paço da Liberdade e está aberto de terça a domingo, das 9h às 17h, com última entrada às 16h20. O local, que tem entrada gratuita, é a casa que conta a história da cidade, demonstrando às gerações atuais e vindouras os testemunhos materiais e imateriais que retratam a vida cotidiana, as identidades e as culturas das gerações atuais e as anteriores por meio de exposições de longa e curta duração.

 

Ainda no centro histórico, a reportagem detalha os produtos e a beleza do mercado Adolpho Lisboa, outro ponto turístico administrado pela prefeitura. “As barracas oferecem uma grande variedade de artesanato de aldeias indígenas, remédios de ervas e sabonetes perfumados”, descreve a revista, ao apontar os peixes, especialmente o tambaqui, “os reis do mercado”.

 

Saindo do centro histórico, a reportagem mergulha na culinária local, apresentando o tradicional tacacá, servido em “bancas” espalhadas pela cidade, e os restaurantes que vendem comida regional e encantam turistas e moradores de Manaus, além da vida noturna da cidade, com os bares da zona Centro-Sul.

 

Tupé

 

Os passeios turísticos pela Floresta Amazônica também são destaque na reportagem, como a visita à tribo Tupé, dentro da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé, na zona rural de Manaus, onde a equipe da revista é recebida com uma apresentação de música e danças tradicionais. “As manifestações para turistas são uma importante fonte de renda, mas também uma maneira de expressar o orgulho de sua herança”, descreve a reportagem.

 

O reconhecimento do local como RDS veio em 2005, quando a área passou a integrar o grupo de Unidades de Conservação Municipais. A reserva abrange uma área de 11.973 hectares e está localizada a 25 quilômetros da área urbana de Manaus. É composta pelas comunidades Livramento, Julião, São João do Tupé, Agrovila, Colônia Central e Tatu. O turismo sustentável é uma das principais fontes de renda dos moradores, que constantemente recebem capacitação, por meio de programas da prefeitura.

 

Vida esportiva

 

A vocação esportiva de Manaus também é destaque na reportagem, seja em esportes praticados ao ar livre, como o Stand-Up Paddle (SUP), ou os tradicionais vôlei, futevôlei e futebol de areia, jogados preferencialmente aos fins de tarde, nas quadras de areia do Complexo Turístico Ponta Negra. “Um trecho de 1,6 km de areia nas margens do rio Negro, onde os moradores nadam e jogam vôlei no final da tarde ou desfrutam tigelas de açaí congelado em um dos muitos quiosques”, afirma a reportagem sobre o local.

 

Flutuantes

 

Sucesso entre os manauaras e turistas, os flutuantes são descritos pela reportagem como uma imersão na natureza e culinária da região. “Nós pulamos em um esquife fornecido pelos restaurantes, navegamos pelas copas das árvores submersas que se projetam para fora do rio inchado e terminamos no restaurante... Depois de um pouco de suco de cupuaçu fresco e um gostinho da especialidade da casa - tambaqui grelhado coberto com sementes de gergelim e servido com molho de soja -, pegamos as pranchas de stand-up”, detalha a reportagem.

 

Bosque da Ciência

 

Funcionando com apoio da Prefeitura de Manaus, o Bosque da Ciência, dentro do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), é classificado pela revista como “parada obrigatória para quem está entrando na Floresta Amazônica”. Além do Bosque da Ciência, o Museu da Amazônia (Musa), com sua torre de observação, é outro parque na área urbana da cidade elogiado pela revista. “De um lado, Manaus e seu horizonte urbano se estendem diante de nós e, do outro, as copas das árvores, até onde os olhos podem ver, que descobrimos a cerca de 22 quilômetros”, relata a revista sobre a paisagem vista no alto da torre.

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença