Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
02/10/2019 | 01:41 - Brasil / Política

STF lança edital para comprar 14 equipamentos de raio-x e detectores de metais

Divulgação

Gasto previsto é de R$ 664,8 mil. Compra será feita após ex-procurador-geral Rodrigo Janot dizer ter ido ao Supremo armado com intenção de matar Gilmar Mendes.

 

Por Mariana Oliveira e Rosanne D'Agostino, TV Globo e G1 — Brasília

 

O Supremo Tribunal Federal (STF) lançou um edital para comprar quatro scanners de raio-x e dez detectores de metais. Segundo o edital, os equipamentos devem "fornecer imagens capazes de ajudar o operador a identificar materiais que possam apresentar risco à segurança".

Devem ainda "possuir alta capacidade de detecção automática em tempo real com sistema de aperfeiçoamento de imagem e detecção de matéria orgânica, inorgânica e hibrida, em cores, possibilitando a observação de materiais suspeitos como explosivos e drogas".

Já há equipamentos semelhantes no tribunal, porém, a quantia será reforçada. A compra será mediante pregão eletrônico na próxima segunda (7), no site de compras governamentais. O Supremo estima gastar R$ 664.833,33 com as aquisições.

Nesta terça, ministros do Supremo afirmaram terem sido consultados pela Presidência do tribunal sobre a possibilidade de ministros passarem por detectores de metais. Além disso, foi oferecido aos ministros reforço na segurança. Nenhuma medida concreta foi anunciada por enquanto.

A TV Globo apurou que o lançamento do edital, no dia 23 de setembro, está relacionado ao relato do ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot segundo o qual, antes de deixar o cargo em 2017, foi armado ao STF com intenção de matar o ministro Gilmar Mendes.

Os ministros do Supremo, apurou a TV Globo, souberam do episódio antes mesmo da publicação na semana passada de entrevistas nas quais Janot falou sobre. O ex-procurador-geral já teria dito que foi armado ao tribunal em conversas reservadas e em livro que narra a sua trajetória.

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença